Skip to main content

A dinâmica de negócios no setor agropecuário já começou a passar por significativas transformações em 2024, principalmente devido às Novas Regras da CPR em 2024. 

Este instrumento, fundamental para o financiamento em várias cadeias produtivas, foi afetado a partir de 1º de janeiro com novas regras da CPR em 2024.

Vamos explorar como essas modificações, decorrentes da Resolução CMN nº 4.927 e da Lei 14.421/2022, conhecida como “Lei do Agro 2”, impactarão a dinâmica de negócios no agro.

 

Registro obrigatório a partir de 2024

 

Desde 1º de janeiro de 2024, todas as operações envolvendo a CPR, independentemente do valor, precisam ser registradas junto às entidades autorizadas pelo Banco Central do Brasil. 

Anteriormente, CPRs com valor inferior a R$ 50 mil estavam isentas de registro até o final de 2023. Essa mudança, apesar de proporcionar mais transparência, exige uma adaptação rápida, não apenas para cumprir as novas exigências legais, mas também para manter a fluidez das operações comerciais.

Processos operacionais e sistemas internos precisam garantir que todas as CPRs estejam em conformidade com a nova regulamentação. Além disso, as Novas Regras da CPR em 2024 destaca a importância de uma gestão mais rigorosa e documentação adequada das transações.

A falta de registro pode resultar na perda de validade e eficácia das cédulas, acarretando prejuízos consideráveis para as empresas que utilizam os títulos como garantia.

CPR 3.0: Expansão de possibilidades de emissão

 

A Lei do Agro 2, introduz a “CPR 3.0”. Essa nova versão amplia as oportunidades de emissão da cédula, agora disponível para revendas, agroindústrias, empresas de insumos e comercialização.

Além de abranger a produção, a CPR 3.0 possibilita o financiamento de atividades como armazenagem, industrialização de produtos agropecuários e a comercialização de insumos, máquinas e equipamentos agrícolas, diversificando consideravelmente os setores beneficiados por esse instrumento financeiro.

Essa ampliação no escopo da CPR não apenas reflete a dinâmica multifacetada do agronegócio, mas também oferece aos produtores e empresas do setor uma ferramenta mais abrangente para financiar diversas etapas da cadeia produtiva, promovendo uma maior flexibilidade e adaptabilidade às necessidades do mercado.

 

 alterações na Cédula de Produto Rural (CPR)

Impacto Econômico

 

Com o volume de CPRs registradas em constante crescimento, atingindo R$ 272,9 bilhões e 167 mil operações em agosto de 2023, as mudanças na dinâmica das operações de mercado terão impactos econômicos significativos. 

Essa ampliação cria novas oportunidades para instituições financeiras diversificarem suas ofertas de serviços, atraindo uma gama mais ampla de clientes dentro do agronegócio. Além disso, ao abranger uma variedade de atividades na cadeia produtiva, a CPR 3.0 pode contribuir para uma maior estabilidade financeira ao permitir uma distribuição mais equitativa dos riscos entre os diversos setores, tornando-se uma ferramenta estratégica para as instituições financeiras que buscam se adaptar e inovar em um ambiente agrícola em constante evolução.

A partir deste ano de 2024, a obrigatoriedade de registros adicionou mais uma camada de complexidade às transações, exigindo uma gestão cuidadosa de seus títulos.


Soluções Especializada

Diante dessas mudanças, o papel de uma plataforma especializada torna-se ainda mais crucial. 

Por isso, investir na  transformação digital  dos negócios, viabilizando e integrando as operações financeiras ao longo de todo o ciclo de processamento. É essencial para o bom andamento da sua empresa e o relacionamento sustentável com os clientes. 

Ter uma abordagem proativa é fundamental para evitar surpresas e prejuízos nos negócios, especialmente considerando o prazo ampliado para o registro das CPRs de 10 para 30 dias.

À medida que o setor agropecuário se prepara para as mudanças significativas na dinâmica das operações com a CPR em 2024, a adaptabilidade e a busca por orientação especializada se tornam essenciais.

Empresas que se antecipam a essas transformações e investem em estratégias ágeis estão melhor posicionadas para enfrentar os desafios e capitalizar as oportunidades que surgirão neste novo cenário regulatório.

As soluções CertDox permitem o tratamento de informações financeiras e seus processos de negócio de maneira verdadeiramente inovadora. 

Conectando digitalmente todos os documentos, sistemas, ambientes e entidades requeridas pela regulamentação, assegurando a correta formalização dos contratos e operações de forma segura, confiável e com perfeita conformidade jurídica.

Para entender como cada solução CertDox pode elevar o nível de inovação da sua empresa, conheça mais detalhes em nosso site.